“DO SADHANA !”

Alguém uma vez disse sobre a sadhana: “Uma vez que a sadhana é feita, nada deveria lhe acontecer”. Eu disse, “Não, quando a sadhana acontece tudo deveria lhe acontecer e você deveria sair como um vencedor, você deveria sair vitorioso!” Isso é o que a sadhana lhe dá. Não lhe dá uma garantia escrita por Deus. Aquele que faz a sadhana constrói para si mesmo tal personalidade poderosa, que pode conquistar qualquer coisa! Essa é a razão pelo qual faço a minha própria sadhana. Eu a tenho feito por anos. Eu a faço mesmo agora. Algumas pessoas me perguntam, “Você é um Mestre, por que faz sadhana?” Eu digo, “Para permanecer um Mestre!”
Yogi Bhajan


Quando eu fazia o Nível I da Formação de Professores de Kundalini Yoga nós tivemos aula com a Guru Raj Kaur Khalsa, uma professora que veio dos EUA que foi aluna do Yogi Bhajan.
A Guru Raj me encantou por vários motivos e um, em especial, foi bastante responsável por uma mudança significativa na minha trajetória. Imaginem uma mulher de 70 anos de idade com a pele do rosto simplesmente linda, suave, radiante, belíssima - essa é a Guru Raj.

Na primeira oportunidade eu corri para elogiar aquela pele tão maravilhosa e, claro, perguntar o que eu poderia fazer para ter a minha igual... A resposta foi rápida e em apenas duas palavras ela me revelou tudo:
- “Do sadhana!” (Faça sadhana!)

Imediatamente os números surgiram na minha mente e o seguinte cálculo matemático começou a ser processado:
A Guru Raj tem 70 anos (em 2012) e Yogi Bhajan chegou aos EUA nos anos 70 = no máximo uns 40 anos de prática
Eu tenho 45 anos (em 2012) = 25 anos de prática até completar 70 anos de idade
Conclusão:  “Se eu for muito dedicada também vai dar!!!”

E assim, com o “mais elevado” propósito de ter uma pele tão maravilhosa quanto a da Guru Raj, eu iniciei a minha jornada de sadhanas...

Recentemente eu me lembrei desta história e a ideia de conta-la foi para exemplificar para vocês como a sadhana pode entrar na nossa vida pelos mais diversos motivos e, mesmo assim, cumprir o seu verdadeiro papel.

Sadhana é um termo sânscrito e significa prática espiritual. É a prática espiritual diária do Yoga e seus praticantes são classificados como Sadhu.

A palavra sadhana tem vários significados, ressaltando-se o "aprender" e o "disciplinar". Ela atua diretamente no ambiente mental, evidenciando e limpando memórias de medos, mentiras e outras “irrealidades”. É um tempo diário para percebermos os padrões que nos afastam da consciência mais elevada e transcendermos estes padrões.

Sadhana é empregada para criar no corpo e na mente um canal disciplinado, por meio do qual a manifestação do Infinito em você se torne possível. Sadhana é, portanto, uma autodisciplina que permite expressar o Infinito dentro de nós.

De acordo com a ciência do yoga, a mente humana trabalha em ciclos. Assim, podemos usar os vários ciclos para ajudar a substituir padrões indesejáveis de comportamento (hábitos mentais ou emocionais) por outros padrões mais positivos, conforme:
·         40 dias para mudar um hábito
·         90 dias para confirmar o hábito
·         120 dias para o novo hábito ser o que você é
·         1.000 dias você aperfeiçoou o novo hábito

O tempo de 40 dias de prática faz com que a meditação estimule o seu subconsciente para liberar todos os pensamentos e padrões emocionais que o obstruem. Uma boa meditação quebrará velhos padrões, colocará uma semente para um novo padrão e limpará o subconsciente.

A ciência do yoga diz, ainda, que há tempos específicos necessários para se alcançar os efeitos desejados durante a meditação.
·         3 minutos de meditação afetam o campo eletromagnético, a circulação e a estabilidade do sangue
·         11 minutos de meditação começam a mudar os nervos e o sistema glandular
·         22 minutos de meditação equilibram as três mentes e elas começam a trabalhar juntas
·         31 minutos de meditação permitem que as glândulas, a respiração e a concentração afetem todas as células e os ritmos do corpo
·         62 minutos de meditação mudam a substância cinzenta do cérebro. O subconsciente, a "mente-sombra" e a projeção externa são integradas
·         2 1/2 horas de meditação mudam a psique na sua correlação com o campo magnético circundante de tal forma que a mente subconsciente é mantida firmemente no novo padrão pela mente universal circundante

Assim, podemos perceber que a sadhana está ao alcance de todos nós... neste exato momento! Nenhum tipo de estado mental específico ou de tempo diário de prática, muitas vezes incompatível com a nossa realidade, é exigido para podermos iniciar e ter êxito com a sadhana.

E existem vários tipos de sadhana. Você pode criar a sua própria!

Que tal o desafio de começar ainda hoje?
Sat Nam!

Com amor e serviço,
Suraj Prakash Kaur (Brasília, 1º de dezembro de 2014)



(As explicações foram extraídas de textos dos livros: “The Aquarian Teacher – O Professor Aquariano” e     “O Carvão e o Diamante: caminhos de uma professora de Kundalini Yoga” – Guru Sangat Kaur)

Nenhum comentário:

Postar um comentário